segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Album de receitas de Tricot.

Quero fazer uma homenagem a minha avó Maria do Carmo Caiuby Crescenti. Foi ela que me ensinou aos 5 anos de idade os meus primeiros pontinho de tricot.
Ela faleceu em 05 de junho de 1999, aos 70 anos, deixando muitas saudades. Que saudades.
Hoje vou começar a publicar as receitas do seu caderno de tricot. Essas receitas são passadas de geração em geração pela a minha família. Esse album de receitas minha avó copiou da mãe dela (minha bisavó) e assim sucessivamente.
Ao tocar o seu caderno já com as folha amareladas, sinto o seu cheiro, sua presença e sua voz falando ne meu ouvido,
Com essas receitas ela já vendeu muito casaquinhos de tricot ao longo de sua vida.
Acho que aonde ela estiver, vai ver que estou continuidade ao seu trabalho e ficara muito orgulhosa de mim.
Minha avó iniciou esse caderno quando tinha 19 anos, no em Santos, 15 de fevereiro de1948,
Eu Lilian Michelini, herdeira legal desse carderno, hoje com 36 anos, é de minha vontade compartilhar com você toda a sabedoria de minha avó adquirida no tricot ao longo de sua vida.
Não foi a minha faculdade de Direito que me trouxe retorno financeiro e sim aqueles primeiros pontinhos que a senhora me ensinou quando eu era bem pequeninha nas agulhas velhas de madeira.

Minha amigas agradeço pela atenção
Um grande beijo no coração de todas.

Lili.

Te amo muito minha querida e amada Vovó. Muito obrigada por ter dedicado a sua vida a mim. Por ter me ensinado respeito, carater, honra, ética e acima de tudo por me dar uma profissão de tricoteria.
Eu disse para a senhora antes de morrer que conseguiria vencer na vida, que não era para se preocupar comigo, que eu ficaria bem. Então vovó: EU CONSEGUI VENCI NA VIDA